História da pomba branca

Você sabe qual o significado da pomba branca? A pomba branca é muito associada a paz, renovação e até alguns significados religiosos. Confira algumas simbolizações desta ave tão simpática.

Para a religião católica, a pomba branca teve sua origem ainda na história da arca de Noé. Ela teria sido a mensageira para ver se as águas após o dilúvio haviam baixado. De acordo com a Bíblia, o primeiro escolhido foi o corvo, que ficou voando para lá e para cá e acabou perdendo a oportunidade de ganhar a simpatia da humanidade. Então, Noé enviou uma pomba e, na primeira viagem, ela não encontrou nenhum lugar para pousar. Sete dias depois, foi novamente solta e retornou com um ramo de oliveira no bico. Isso, de acordo com a narrativa bíblica, a ave simbolizava a paz entre Deus e os homens.

Outro significado para a igreja católica é que o espírito de Deus tenha descido à terra em formato de pomba no dia em que Jesus nasceu. Desde então, a pomba é associada ao Espírito Santo.

No inicio dos anos 60, o pintor espanhol Pablo Picasso eternizou a pomba branca como símbolo da Paz em uma série de gravuras que se tornaram famosas mundialmente. Durante o período de guerras no século passado, a ave representou paz, serenidade e renovação.

Além disso, há lendas que dizem que diabos e bruxas podem ser transformados em qualquer coisa, com exceção de pombas brancas.

Uma só ave e milhares de significados.

E você, conhece algum outro significado para a pomba branca?

Em clima de véspera de Natal separamos dois vídeos incríveis para vocês. Confiram!!

Natal dos filhotinhos!   e  Esperando o Papai Noel

 

O Meu Amigo Pet deseja um ótimo Natal, repleto de alegrias, farturas, carinhos, carícias, lambidas, latidos, ronronadas e afagos!!

 

Fonte: Sempre Alegria

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>